Categoria Arquidiocese do site


Arquidiocese de Santa Maria celebrou 110 anos de uma trajetória de fé e gratidão.


  Postado dia 25/08/2020 categoria Arquidiocese por usuário Karina Freitas.


No dia 15 de agosto, foi celebrado os 110 anos de Criação Canônica da Arquidiocese de Santa Maria e os 35 anos de inauguração do Santuário Basílica Nossa Senhora Medianeira de Todas as Graças, com missa em ação de graças, às 18h, na Basílica.A celebração foi presidida pelo Arcebispo e concelebrada pelos padres.

A pedidos da Conferência Nacional dos Bispos (CNBB) para todas as Igrejas do país, Dom Helio Adelar Rubert, lembrou os mais 100 mil mortos pela pandemia do Corona Vírus no Brasil e suas famílias.

Em sua homilia agradeceu a Deus pelos 110 anos de graças e bênção pela trajetória da Arquidiocese, lembrou o centenário, ocorrido a 10 anos atrás, e o lançamento, em edição especial, da Bíblia Sagrada que, na época, foi distribuída para todas as paróquias. O religioso pontuou o nome de todos os bispos que passaram pela arquidiocese, saudando seus trabalhos pastorais.

Uma diocese é uma divisão territorial entregue à administração eclesiástica de um bispo ou arcebispo. As dioceses são compostas por paróquias, onde os vigários paroquiais e padres atuam junto aos fiéis nas igrejas, sob a orientação dos bispos. São 40 paróquias que fazem parte desta Arquidiocese, sediadas na cidade de Santa Maria e nos arredores, e estão divididas em sete áreas pastorais. Os 26 municípios no estado do Rio Grande do Sul são: Cacequi, Dilermando de Aguiar, Dona Francisca, Faxinal do Soturno, Formigueiro, Itaara, Ivorá, Jaguari, Jari, Júlio de Castilhos, Mata, Nova Esperança do Sul, Nova Palma, Pinhal Grande, Quevedos, Restinga Seca, Santa Maria, São João do Polêsine, São Martinho da Serra, São Pedro do Sul, São Sepé, São Vicente do Sul, Silveira Martins, Toropi, Tupanciretã, Vila Nova do Sul.

 

Para o vigário-geral da Arquidiocese de Santa Maria, Padre Ruben Natal Dotto “o que mais marca é o empenho pela evangelização. Ao longo dos anos, trabalhos foram desenvolvidos pelas pastorais Carcerária, da Criança e da Juventude, por exemplo, além de iniciativas como Feira da Primavera, Banco da Esperança, Projeto Esperança / Coesperança e creches que acolhem 320 crianças de bairros podres. Com a realização das assembleias pastorais onde se avaliam os passos dados e projetam os novos horizontes, o marcante é o comprometimento com os mais pobres assumindo aquela dimensão samaritana do Evangelho. Foi toda uma caminhada de valorização dos pequenos através do Projeto Esperança, com uma educação para o cooperativismo. Em 2020 os 110 anos da Diocese também comemoram o aniversário da Basílica, dia 15 de agosto,

Os sete bispos em 110 anos de trajetória

Dom Miguel de Lima Valverde (1912 -1922 / 1922-1923)

Dom Ático Eusébio da Rocha (1923-1928 / 1929-1931)

Dom Antonio Reis (1932-1960)

Dom Luiz Victor Sartori (1960-1970 / 1970-1971)

Dom Érico Ferrari (1971-1973)

Dom José Ivo Lorscheiter (1974-2004)

Dom Hélio Adelar Rubert (2004 até o momento)

Parabéns povo da Arquidiocese de Santa Maria! Somos uma só família e um só coração através do amor de Jesus Cristo e de Nossa Senhora Medianeira, uma padroeira do Rio Grande do Sul!

Karina Freitas - Assessora de Comunicação da Arquidiocese de Santa Maria