Categoria Arquidiocese do site


Garotos de Ouro fecham Projeto Cultural Medianeira Instrumental em 2018


  Postado dia 19/12/2018 categoria Arquidiocese por usuário Karina Freitas.


Apesar do forte calor do último domingo, dia 16 de dezembro, centenas de apreciadores da boa música instrumental lotaram as dependências do Santuário Basílica Nossa Senhora Medianeira, em Santa Maria para a 9ª apresentação do Projeto Cultural Medianeira Instrumental.


A atração que fechou com chave de ouro as apresentações de 2018 foi o renomado grupo gaúcho Garotos de Ouro tocando seus maiores sucessos em 45 anos de carreira.

Com a alma na ponta dos dedos, os gaiteiros Paulo Sérgio “Maizena” e Gerson Fogaça acompanhados do guitarrista Rafynha Muti e assessorados por Mateus Menin (voz solo), Celio Araújo (baterista), e Márcio “Bira” (contra-baixo), tocaram sucessos do grupo como: Tio Mederico, Xote Laranjeira, Milonga para as Missões, Mercedita, Vaneira Grossa, entre tantas outras melodias que emocionaram o público presente.

O show musical teve duração de 1h30min e foi dividido em duas partes, sendo que a primeira foi somente com música instrumental e a segunda parte contou também com vocal, onde os vocalistas do grupo soltaram a voz entoando lindas canções.

Natural de Cruz Alta, no Rio Grande do Sul e hoje com sede em Florianópolis, em Santa Catarina, o grupo Garotos de Ouro chega aos 45 anos de carreira, mantendo um média de 22 shows por mês. Atualmente o grupo musical alcança a marca de 20 discos lançados, 03 Dvd´s, 05 Discos de Ouro e 01 de Platina.

O fundador do grupo Airton Machado acompanhou o espetáculo musical na plateia e em entrevista a assessoria de comunicação do Projeto Cultural Medianeira Instrumental, falou da alegria de estar se apresentando mais uma vez em solo gaúcho, na cidade coração do Rio Grande, e na casa da Mãe Medianeira, a Padroeira do Rio Grande do Sul.


CURIOSIDADE – Ele relatou que ao entrar no Santuário em Santa Maria relembrou do início de sua carreira de músico quando na época o grupo se chamava“Irmãos Machadinho” que posteriormente se transformou nos Garotos de Ouro. Ele conta que o primeiro baile que ele tocou foi dentro de uma igreja na localidade de Iandejú, na época distrito de São Francisco de Assis/RS.

“Não era para nosso grupo tocar, nós não tocávamos baile, sabíamos cantar de improviso, mas a banda que ia se apresentar sofreu um acidente e um dos músicos me mandou um bilhete pedindo que eu o representasse e assim fizemos. Ocorre que ao chegar no local ficamos sabendo que o baile seria dentro de uma igreja, e os Santos estavam tampados com panos para não assistir o baile”, relatou Airton, enfatizando que esta foi a segunda apresentação de sua vida dentro de uma igreja e que certamente o ano do grupo será muito abençoado e iluminado com as bênçãos da Mãe Medianeira.

O Projeto Medianeira Instrumental é desenvolvido pela Arquidiocese de Santa Maria, através da Lei Rouanet e entrada é franca. A apresentação foi gravada e irá ao ar pela Rede Vida de Televisão no sábado, dia 29 de dezembro, às 10h30min.

RECONHECIMENTO – Ao final da apresentação, o Dr. Zenildo Bodnar, Oficial Registrador do Cartório de Registro de Imóveis de Santa Maria (09.817) da Rua Dr. Bozano, 782, foi homenageado pela Arquidiocese de Santa Maria, onde recebeu das mãos do Arcebispo Dom Hélio Adelar Rubert e do Diretor do Projeto Medianeira Instrumental, Pe. Silvio Weber, um certificado de reconhecimento pela sua importante colaboração com o Projeto Medianeira Instrumental, do qual é patrocinador.